Translate

sexta-feira, 5 de junho de 2015

American Flatbow

Olá,
Estou tentando retomar a produção, consequentemente as postagens aqui no blog. Como comentei anteriormente, estou com problemas de tempo e local para trabalhar, daí o que era simples vai ficando complicado e os arcos não saem.

Ainda em uma fase mais primitivista, decidi aproveitar os bons resultados que obtive com o backing de couro crú no Longbow e decidi fazer o seu primo americano, menor e mais eficiente, o Flatbow, que é a base para a maioria dos arcos modernos.
Basicamente o flatbow primitivo é construído de forma bem parecida com o Longbow, uma peça de madeira, cortada respeitando a integridade dos anéis de crescimento, com a parte mais próxima da casca no back do arco e  a parte mais próxima do cerne no belly. A grande diferença entre eles reside não no tamanho do arco, embora em geral o flatbow seja mais curto, mas sim no formato da secção transversal das laminas do arco. No Longbow esta secção tem o formato da letra D, já no flatbow a forma se aproxima de um retângulo alongado com as quinas levemente arredondadas.
O formato do flatbow é mais eficiente, pois com a mesma quantidade de material ele mantém as faces do back (que sofre esforço de tração) e do belly ( que sofre compressão) bem mais próximas da linha neutra, reduzindo muito as tensões superficiais, porém mantendo as características elásticas da madeira usada.
Apesar de o formato do flatbow ajudar bastante no alivio das tensões superficiais (para comprovar isso basta tentar vergar uma régua de madeira e um lápis, e ver como o formato influencia) o flatbow ainda correria o risco de quebrar, então adiciona-se o backing que originalmente era de tendão animal ou couro. Pela falta de tendão optei pelo couro crú, a colagem, quem embora seja muito importante, neste caso é menos critica do que no caso do backing de bambu, pois o couro embora seja resistente é maleável e se amolda mais facilmente à superfície do back do arco. Neste caso uma boa cola de madeira dá conta do recado, mas também pode ser feito com a famosa titebond ou mesmo epóxi.




O arco ficou com aproximadamente 40 libras e 60 polegadas de comprimento. O punho foi revestido com couro camurça, costurado na área do back. A corda ainda não é definitiva, ele vai ganhar uma corda de dacron como ele merece. Os nocks são reforçados com madeira, mas penso em substituo-los por osso ou chifre para ganhar um ar mais primitivo. A flecha é apoiada sobre a mão ma hora do disparo, mas fiz uma proteção de couro na lateral do arco para não marcar nem as flechas nem o arco.



Para ele, montei um jogo mais leve com 12 flechas com diâmetro 5/16, pontas field de 100 grains, penas de 5pol e cresting personalizado. A uniformidade do jogo ficou boa e os agrupamentos estão cada vez melhores.

Espero que tenham gostado.

Bons tiros!

5 comentários:

  1. Tá muito bacana cumpadi, dá um jeito de empurrar a produção de mais alguns que tem gente na fila de espera já!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Puts cumpadi, é verdade, to devendo um punhado já. Ta sofrido o negocio aqui, pra sair coisa de qualidade tem que trabalhar com calma e capricho...mas aí acaba o tempo heheheh.

    ResponderExcluir
  3. Puts cumpadi, é verdade, to devendo um punhado já. Ta sofrido o negocio aqui, pra sair coisa de qualidade tem que trabalhar com calma e capricho...mas aí acaba o tempo heheheh.

    ResponderExcluir
  4. Bora diminuir essa fila que quero um também! =)
    (Elison)

    ResponderExcluir
  5. Olha que blog bacana que achei por acaso! Hehe...
    Abraço, Maia!

    ResponderExcluir